UM BOM EXEMPLO DE TAQUES

COMO BONS EXEMPLOS ESTÃO RAROS,

CLAMAMOS AO PREFEITO DE LUCAS DO RIO VERDE:

ESTÁ AÍ, É TEU AMIGO.

APROVEITA E FAZ O MESMO.

MAS MAURO MENDES TAMBÉM É,

E ENSINOU O PIVETTA A FAZER

JUSTAMENTE O CONTRÁRIO.

CONCURSADOS?

O NEGÓCIO É FAVORECER AMIGOS E

PARENTES DE AMIGOS.

CONTRATAÇÃO SEM CONCURSO,

ASSIM PODEMOS CHANTAGEAR.

E AINDA RECEBE COMENDA DO

FÓRUM DO TRABALHO.

NO VELHO OESTE, PISTOLEIROS

ERAM CONTRATADOS COMO XERIFE.

Governo exonera quase 400 em março;

Gestão, Detran e Seduc são alvos

Publicado Quinta-Feira, 26 de Março de 2015, às 12:41 | CenárioMT com Olhar Direto

O governador Pedro Taques (PDT) continua substituindo os comissionados do governo estadual. No Diário Oficial que circula nesta quinta-feira, foram publicadas seis exonerações e 18 nomeações. Ao longo do mês, 396 pessoas foram exoneradas no estado. Parte desses funcionários foram nomeados em outras funções.

A pasta com o maior número de novos nomeados é a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com seis pessoas. A que tem o maior número de exonerações é a Secretaria de Gestão, com três comissionados exonerados e três nomeados.

As mudanças atingem também o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) e as secretarias de Educação, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Agricultura Familiar, Trabalho e Assistência Social e Saúde.

Confira a lista:

Exonerações

Detran

THIAGO EMMANUEL MOREIRA ROSA do cargo em Comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Coordenador do RENAEST

Secretaria de Gestão

AUXILIADORA REGINA PEREIRA LEITE DAURIA do cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Coordenadora de Laboratório de Administração Pública

EDSON PALMA RIBEIRO do cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Assessor Técnico III

LUIS ARMANDO RODRIGUES VITÓRIO do cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-4, de Superintendente da Imprensa Oficial

Secretaria de Educação

DÉBORA ALESSANDRA COSTA do cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-9, de Assistente Técnica II

Secretaria de Meio Ambiente

MARIA DO ROSÁRIO LOPES PEREIRA BARBANT do cargo em Comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Assessora Especial III

Nomeações

Indea

DANIELE MARTINS SAAD para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-5, de Assessora Técnica II

Secretaria de Gestão

EDSON PALMA RIBEIRO para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-5, de Assessor Técnico II

GABRIELA SANDES NOVAIS para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-5, de Assessora Técnica II

JOSÉ AUGUSTO DE ABREU para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-4, de Superintendente da Imprensa Oficial

Secretaria de Agricultura Familiar

ORLANDO DOS SANTOS LARA para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-4, de Superintendente de Desenvolvimento Regional do Vale do Rio Cuiabá

Secretaria de Ciência e Tecnologia

FERNANDA FERREIRA FONTOURA para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-5, de Assessora Técnica II

Secretaria de Desenvolvimento Econômico

ADERSON ATAIDES DA COSTA JÚNIOR NETO para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Assessor Técnico III

ARTUR LEANDRO PEREIRA para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Coordenador de Mineração

D’LAILA NÚBIA MATIAS BORGES para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-8, de Assistente Técnica I

JULIANA MARTINS DA ROCHA para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Coordenadora de Política Comercial

LEOPOLDO RODRIGUES DE MENDONÇA para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-4, de Superintendente de Promoção e Divulgação

VANISA RAQUEL SCHEUER GRAFF para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Coordenadora do FUNDEIC

Secretaria de Educação

AUXILIADORA REGINA PEREIRA LEITE DURIA para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-4, de Assessora Técnica I – UAGE

DILMA MERCE DE ALMEIDA NUNES para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Coordenadora de Transporte Escolar

Secretaria de Meio Ambiente

DAYANNI ROCHA IDA FEGURI para exercer o cargo em Comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Assessora Especial III

FLORIANO DA CUNHA PINHEIRO para exercer o cargo em Comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Assessor Especial III

Secretaria de Saúde

LAURA CRISTINA KERKHOFF para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-6, de Assessora Técnica III

Secretaria de Trabalho e Assistência Social

ELIANE MENACHO para exercer o cargo em comissão de Direção Geral e Assessoramento, Nível DGA-5, de Assessora Técnica II

http://www.cenariomt.com.br/noticia/432939/governo-exonera-quase-400-em-marco-gestao-detran-e-seduc-sao-alvos.html

Anúncios

NOTÍCIAS DE HOJE

AS NOTÍCIAS DE HOJE FORAM UMA

HOMENAGEM AO PRIMEIRO DE ABRIL.

DIA DOS POLÍTICOS BRASILEIROS.

DIA DA JUSTIÇA.

ENFIM, DIA DA MENTIRA.

DIA EM QUE PODERIAM APROVEITAR

PARA FALAR A VERDADE

E NINGUÉM ACREDITARIA.

DIA POSSÍVEL PARA CONFISSÕES.

MAS, CLARO, PARA ELES TODOS

OS DIAS SÃO PRIMEIRO DE ABRIL.

E NÓS? OS TROUXAS.

FREQUÊNCIA DE COMISSIONADOS

BELO EXEMPLO PARA SER UTILIZADO

EM LUCAS DO RIO VERDE,

AOS COMISSIONADOS DA PREFEITURA.

E O MUNICÍPIO AINDA RECEBE COMENDA.

SÓ FALTA VONTADE.

MPE notifica vereadores sobre

falta de controle da

frequência de comissionados

Em 27 de março de 2015 as 11h52

A falta de controle sobre o efetivo cumprimento da jornada de trabalho desses servidores foi um dos pontos apresentados pela 1ª Promotoria de Justiça Cível em notificação recomendatória encaminhada, nesta quarta-feira.

Embora tenha sido instalado no ano de 2012, até hoje os servidores comissionados da Câmara Municipal de Várzea Grande não se submetem ao sistema de registro de ponto eletrônico. A falta de controle sobre o efetivo cumprimento da jornada de trabalho desses servidores foi um dos pontos apresentados pela 1ª Promotoria de Justiça Cível em notificação recomendatória encaminhada, nesta quarta-feira (25), ao Presidente da Câmara e aos demais vereadores.

A imprecisão na estipulação de horários de entrada e saída de servidores públicos, bem como a falta de controle fidedigno, pode levar ao recebimento de valores indevidos, pagos com dinheiro do povo, podendo evidentemente configurar o enriquecimento ilícito”, destacou o promotor de Justiça, Luciano André Viruel Martinez.

Na notificação, o MPE recomenda ao Poder Legislativo que submeta, imediatamente, os servidores comissionados ao sistema de controle de ponto eletrônico. Esclarece, ainda, que deverão ser efetuados descontos na remuneração dos servidores que comprovadamente se atrasarem ou saírem do local de trabalho, injustificadamente.

O promotor de Justiça também cobrou providências em relação a denúncias de acúmulo ilegal de cargos e de servidores “fantasmas” no Poder Legislativo. Atualmente, existem na 1ª Promotoria de Justiça Cível de Várzea Grande 12 procedimentos investigatórios que apuram denúncias desse tipo.

http://www.expressomt.com.br/matogrosso/mpe-notifica-vereadores-sobre-falta-de-controle-da-frequenci-127253.html

PONTO FACULTATIVO

FACULTATIVO PARA OS SERVIDORES

QUE TRABALHAM NORMALMENTE.

OS DE “CONFIANÇA” JÁ ESTÃO COM

PONTO FACULTATIVO FAZ MUITO TEMPO.

Prefeitura de Lucas do Rio Verde

decreta ponto facultativo

na tarde de hoje (27)

http://www.cenariomt.com.br/noticia/433052/prefeitura-de-lucas-do-rio-verde-decreta-ponto-facultativo-na-tarde-de-hoje-27.html

REGISTRO DE PONTO

JÁ QUE RETIRARAM O REGISTRO

DE PONTO DO SERVIDOR JILOIR,

NÓS REPUBLICAMOS.

O HISTÓRICO NÃO É BOM.

MAS COMO O CARGO É DADO EM

TROCA DE FAVORES,

ELE AGORA É DISPENSADO DO

REGISTRO. PASMEM,

ELE AGORA É O OUVIDOR DA PREFEITURA.

QUEM DEVERIA RECEBER DENÚNCIAS

É PIOR QUE OS DENUNCIADOS.

NO LINK ABAIXO, OS REGISTROS QUE HAVÍAMOS COLHIDO.

Consulta Ponto Jiloir

PREFEITURA SENDO INVESTIGADA

ALELUIA, NOSSAS PRECES FORAM OUVIDAS!!!!!

FAZ MUITO TEMPO QUE SABEMOS E

DENUNCIAMOS A CORRUPÇÃO DENTRO DA

PREFEITURA DE LUCAS DO RIO VERDE.

A IMPRENSA SÓ DIVULGA NOTÍCIAS BOAS,

PAGAS PELO PODER EXECUTIVO.

NO LEGISLATIVO TEMOS, NO MÁXIMO,

TRÊS VEREADORES DE FATO.

O RESTO, CORDEIROS OU VENDIDOS PELO

PODER ECONÔMICO E CORROMPEDOR DAS

ADMINISTRAÇÕES RECENTES.

MESMOS OS QUE FORAM PRESSIONADOS, MASSACRADOS

AGORA MUDARAM DE LADO, E COLHEM OS FRUTOS

PROIBIDOS. ANTES UM POBRE HONESTO QUE FICAR

RICO COM O SUOR DOS OUTROS.

PAEL, JANJÃO, PAULO NUNES, JILOIR, ALBIERI

SÃO APENAS ALGUNS EXEMPLOS DA TRANSIÇÃO

PARA OBEDIÊNCIA AO PODER ABSOLUTISTA.

O VEREADOR NÃO CONSEGUE DOCUMENTOS?

PRINCÍPIO DA PUBLICIDADE?

DA MORALIDADE? DA IMPESSOALIDADE?

DA EFICIÊNCIA? DA LEGALIDADE?

PODEM ESCOLHER.

FRAUDES EM LICITAÇÕES: CONTINUAM.

CONTRATAÇÕES ILEGAIS: CONTINUAM.

DESVIOS DE VERBAS: CONTINUAM.

SE NINGUÉM FISCALIZA,

O POVO É ROUBADO!!!!!!!!

GAECO JÁ LACROU A PREFEITURA UMA VEZ,

JUSTAMENTE POR CORRUPÇÃO.

PRECISAMOS DE NOVO.

OS ÓRGÃOS ESTADUAIS DE CONTROLE

E AÇÃO SÃO MEROS EXPECTADORES

FRENTE AOS ABUSOS DE PODER POLÍTICO

DO SENHOR DE ENGENHO.

PARABÉNS AOS DOIS VEREADORES.

VOTOS DE SUCESSO.

AO CANAL DE NOTÍCIAS LEIALUCAS

NOSSOS CUMPRIMENTOS.

A NOTÍCIA NÃO FOI DESTAQUE EM

NENHUM MEIO DE COMUNICAÇÃO.

MOTIVOS?

Vereador Barra quer investigar

denúncias de corrupção

no Executivo de Lucas

Por Redação em 25 de Março de 2015 ás 11:03

Durante uma entrevista coletiva concedida na última semana, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta contestou acusações feitas em plenário pelos vereadores Roberto Barra (PMDB) e Cleusa de Marco (PT). Pivetta desafiou dizendo que se houver casos de corrupção, que sejam detalhados.

Roberto Barra confirmou que fazendo os levantamentos necessários para confirmar os fatos, porém afirmou ter dificuldades em obter documentos dentro da prefeitura. Ele lembrou de uma lei municipal aprovada em 2013 o qual dá ao cidadão, direito de obter informações através de requerimento.

Para obter a informação que foi solicitada demora cerca de 20 dias para a entrega dos documentos e isso pode facilitar uma maquiagem dos dados, que deveriam ser livres para o cidadão”, disse o vereador.

Barra revelou que mesmo não tendo documentos que comprovem os desvios de dinheiro público e até a corrupção, ele investiga fortes indícios de irregularidade em várias secretarias.

Ex-secretários já vieram confidenciar a dificuldade de trabalho e ainda sobre irregularidades dentro da prefeitura, como a utilização de maquinários públicos para obras privadas, obras sem licitações entre outras coisas que vou fiscalizar mais de perto” disse.

Entretanto, o legislador afirmou que apresentará uma emenda à lei municipal, pedindo que o vereador tenha autonomia para obter documentos sem qualquer burocracia. Com isso, Barra quer afastar qualquer possibilidade de manipulação da informação solicitada.

Na entrevista da semana passada, Pivetta afirmou que o bom vereador tem a obrigação de fiscalizar e acusar as irregularidades.

Barra disse também que ao mesmo tempo em que investiga indícios de corrupção, vai cobrar o cumprimento da cartilha de obras prometidas em palanque durante a campanha de 2012. “Há muita obra parada, outras que sequer começaram, e que a população precisa saber os motivos dessa morosidade em cumprir metas”

http://www.leialucas.com.br/noticias/Politica/7637/

HOMENAGENS POLÊMICAS

VAMOS HOMENAGEAR OS QUE

ASSINARAM A DELAÇÃO PREMIADA

NA LAVA JATO

PELO COMBATE À CORRUPÇÃO?

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

SUSPENDEU A ELEIÇÃO DO

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS,

MAS QUE DEFENDE OS INTERESSES

SOMENTE DA PREFEITURA.

SERVIDORES CONCURSADOS SÃO EXONERADOS

AO CONTRÁRIO DOS COMISSIONADOS QUE

POSSUEM TODAS AS REGALIAS,

ILEGAIS E IMORAIS.

SERVIDORES QUE NÃO CONCORDAM

COM A ROUBALHEIRA SÃO AMEAÇADOS.

CANAIS DE NOTÍCIAS SÉRIOS SÃO

COMPRADOS COM O NOSSO DINHEIRO.

A NOTÍCIA ABAIXO, FALA BEM DO MUNICÍPIO,

MAS É UMA REPRODUÇÃO FIEL DO QUE

A ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ENVIA.

QUEM PAGA PARA FALAR BEM DA ADMINISTRAÇÃO?

SIM, VOCÊ, OTÁRIO QUE VOTA NOS CORRUPTOS

QUE ESTÃO NO PODER.

Lucas do Rio Verde recebe comenda

por contribuir com a Justiça do Trabalho

Publicado Segunda-Feira, 23 de Março de 2015, às 15:41 | ASCOM

A honraria foi entregue ao prefeito Otaviano Pivetta por ter intermediado negociação com a BRF, para garantir direitos aos funcionários para aquisição das casas construídas pela empresa

O município de Lucas do Rio Verde recebeu na sexta (20), a Medalha da Ordem São José Operário do Mérito Judiciário – grau Comendador – concedida pelo Tribunal Regional do Trabalho em Mato Grosso (TRT/MT) a pessoas e entidades que prestaram relevantes serviços à Justiça do Trabalho.

Conforme destacou o prefeito Otaviano Pivetta, que representou a cidade na solenidade, a homenagem é um reconhecimento aos bons indicadores sociais e trabalhistas que o município apresenta e à preocupação da administração pública em ofertar serviços públicos de qualidade.

“As escolas municipais são os prédios mais bonitos de Lucas do Rio Verde e a Saúde Pública uma das melhores do estado. E são esses os serviços que oferecemos às pessoas que chegam a Lucas em busca de trabalho”, disse.

Com a economia pujante, Lucas do Rio Verde é responsável por 1% de toda a produção de grãos do país. Agora, o município ingressa de vez no segundo ciclo econômico, atraindo grandes empresas e gerando emprego e renda.

O incentivo à instalação de novas empresas – através da isenção de impostos e da disponibilização de lotes subsidiados com toda a infraestrutura necessária – evidencia a preocupação com o desenvolvimento sustentável e o equilíbrio social.

Além disso, o município implantou o projeto Lucas do Rio Verde Legal cuja meta é de figurar nos cenários estadual e nacional como aquele que não possui passivos florestais e trabalhistas nas atividades agropecuária e agroindustrial.

PACTO DO TRABALHO

A principal razão da Comenda concedida a Lucas do Rio Verde é devido a atuação do prefeito Otaviano Pivetta para que fosse desencadeada uma série de ações visando melhorias quanto ao processo de seleção dos trabalhadores da BRF, condições de aquisição de moradia no bairro construído para os funcionários e diversas outras que influenciavam no dia a dia da cidade.

Para tanto foi assinado um pacto de trabalho entre a BRF, prefeitura e Tribunal Regional do Trabalho. Duas audiências públicas foram realizadas com o intuito de levantar as demandas que afligiam os moradores, não apenas do bairro Téssele Junior, mas de toda sociedade luverdense. Com a vinda da BRF para o município, em 2005, o desenvolvimento local teve um salto, mas também começaram a ser registrados impactos sociais negativos, que tinham seus reflexos no alto índice de criminalidade e aumento das demandas de todas as áreas, principalmente saúde e educação.

No documento pactuado constaram as demandas registradas na audiência, os responsáveis por suas respectivas soluções e prazos para realização. Na época Otaviano Pivetta ressaltou: “O poder público está pronto para auxiliar no que for preciso e eu espero que ainda no meu mandato a BRF possa se tornar a melhor unidade do Brasil com um povo alegre e satisfeito”, destacou Otaviano.

Todas as instituições fizeram a sua parte e o resultado é uma série de avanços, que agora sim, refletem de forma positiva em Lucas do Rio Verde, entre elas melhor seleção de pessoal e a cessão das casas construídas para vender aos funcionários interessados.

HOMENAGEADOS – Ao todo, foram agraciados com a condecoração 20 personalidades, entre secretários de estado, ministro do TCU e servidores públicos, além da Prefeitura de Lucas do Rio Verde e do Serviço Social da Indústria (SESI-MT).

As honrarias foram entregues às seguintes personalidades:

Grau Grã-Cruz: Walmir Oliveira da Costa e Bruno Dantas (ambos ministros do TST);

Grau Comendador: Roberto Norris (desembargador do TRT da 1ª Região – Rio de Janeiro); Serviço Social da Indústria – Sesi/Mato Grosso; Município de Lucas do Rio Verde; e Valdiney Antônio de Arruda (Secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social);

Grau Cavaleiro: Marlene Faustina dos Santos (empresária) e os servidores da Justiça do Trabalho Adizir Fraga Alves; Alisson Cassemiro Silva; Antonio Sergio Santana dos Santos; Celso Luiz Barros Campos; Cesar Romero Lima; Diego Toré Negrão; Flavia da Silva Jara Baggio Oliveira; José Lopes da Silva Júnior; Josiane Regina Frigo Louzada; Marcelo Massayuki Kobayashi; Mauro Takimoto; Muller da Silva Pereira; e Selma Mussi Ribeiro Braga.

Criada em 1993, a Ordem São José Operário tem sua comenda constituída de seis graus: Grão-Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.

http://www.cenariomt.com.br/noticia/432279/lucas-do-rio-verde-recebe-comenda-por-contribuir-com-a-justica-do-trabalho.html