IMPRENSA ADERIU

IMPRENSA DE

LUCAS DO RIO VERDE

E REGIÃO

TRISTE VER A IMPRENSA DE LUCAS DO RIO VERDE

E REGIÃO REFÉNS DA POLÍTICA, DESCUMPRINDO AS

PROMESSAS FEITAS EM FORMATURAS E

AOS PRINCÍPIOS DA PROFISSÃO.

NOTÍCIAS DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SÃO

PUBLICADAS NA ÍNTEGRA.

DENÚNCIAS SÃO IGNORADAS.

VIRARAM MEROS REPRODUTORES DE BOAS

NOTÍCIAS, QUE DEVEM SER PUBLICADAS SIM.

MAS AS MÁS TAMBÉM.

EM RESUMO, A PREOCUPAÇÃO DEVE SER, OU DEVERIA,

ASSIM COMO NA POLÍCIA E NA JUSTIÇA,

O COMPROMISSO COM A VERDADE.

SÃO POUCOS OS QUE ENFRENTAM

OS PODERES LEGALMENTE

CONSTITUÍDOS EM DEFESA DO CIDADÃO, MAS

QUE NÃO SÃO UTILIZADOS ADEQUADAMENTE,

COMO O LEGISLATIVO, EXECUTIVO E JUDICIÁRIO

A SENSAÇÃO DE CALMARIA E SUCESSO QUE O

PAÍS TINHA, PELAS PUBLICAÇÕES NA IMPRENSA

NACIONAL, PARCIAL EM SUA MAIORIA,

FOI DERRUBADA PELOS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO.

É COM ESSA FÉ QUE PREGAMOS O FUTURO.

A PODRIDÃO QUE EXISTE NA COMUNIDADE LOCAL, UM DIA,

HAVERÁ DE APARECER E SER ELIMINADA.

POUCOS DIAS ATRÁS TODOS ESTÁVAMOS ESTARRECIDOS

COM A VIOLÊNCIA, ASSALTOS E TRÁFICO DE DROGAS.

AGORA, NOTÍCIAS RUINS DEIXARAM DE SER PUBLICADAS.

O CIDADÃO NÃO ATENDIDO NOS POSTOS DE SAÚDE, OU

INSATISFEITO COM OS ALTOS IMPOSTOS, ALTAS TAXAS,

NÃO ENCONTRA ESPAÇO NA IMPRENSA.

OS QUE SÃO FORÇADOS A ABDICAR DE SEUS DIREITOS

SÃO MENOSPREZADOS PELOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO.

PREFEITURA, POLÍCIA E JUDICIÁRIO MANDAM AS NOTÍCIAS

PRONTAS, E SEMPRE ENCONTRAM O ESPAÇO.

A OPINIÃO PÚBLICA, ENTÃO, É FORMADA A PARTIR DE

MENTIRAS, COM ESPAÇO COMPRADO.

ASSIM, NÃO TEREMOS PROGRESSO, TEREMOS

ESTAGNAÇÃO E DEIXAREMOS O CRIME

E AS INJUSTIÇAS AUMENTAREM.

Anúncios

SÓ OS INHOS SÃO PRESOS

SÓ OS “INHOS” SÃO PRESOS.

ENFRENTAR OS POLÍTICOS E

OS GRANDES CRIMINOSOS, NINGUÉM QUER.

PARECE JUIZ DE FUTEBOL QUE SÓ

APITA A FAVOR DOS GRANDES TIMES,

POR MEDO DE PUNIÇÃO.

Traficante é preso após ser flagrado

distribuindo drogas em

Lucas do Rio Verde

Em 23 de fevereiro de 2015 as 09h11

Sinopinho’ chegou a fugir da abordagem policial, mas foi detido em sua residência

A Polícia Civil de Lucas do Rio Verde deteve na noite de sexta-feira (20) um traficante conhecido por Sinopinho. Ele foi flagrado quando distribuía entorpecentes nas imediações de um posto de combustíveis, chegou a fugir da abordagem policial, mas foi detido ao chegar em sua residência.

De acordo com o delegado Rafael Scatolon, Sinopinho vinha sendo investigado há alguns dias. Na sexta-feira, investigadores de Polícia flagraram quando ele distribuía entorpecentes nas imediações do posto de combustíveis, localizado próximo à BR 163. Como percebeu a presença da polícia, ele empreendeu fuga, mas foi detido em uma quitinete no bairro Pioneiro.

Nós presenciamos ele vendendo pasta-base no entorno do posto”, confirmou o delegado, assinalando que os usuários de droga foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil, onde confirmaram ter compra o entorpecente do suspeito. “Cerca de uma hora e meia depois, ele chegou com 50 gramas de pasta base de cocaína no bolso, que estava vendendo um pouco antes no posto, quando então foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico e associação ao tráfico”, acrescentou.

Sinopinho é maior de idade e tem outras passagens por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória.

http://www.expressomt.com.br/matogrosso/traficante-e-preso-apos-ser-flagrado-distribuindo-drogas-em–124464.html

UFMT, A NOVELA SEM FIM?

AINDA ESTAMOS DISCUTINDO ISSO?

JÁ NÃO ESTAVA CONFIRMADO, AO FINAL DE 2012,

QUE POR COINCIDÊNCIA ERA ÉPOCA DE

ELEIÇÃO MUNICIPAL?

AH, O CANDIDATO FOI ELEITO E

NUNCA MAIS FALOU NISSO.

DEPOIS SÓ DESCULPAS DA COLIGAÇÃO. 

Viabilidade de campus da UFMT

em Lucas será pauta de

deputado no Congresso

Publicado Quinta-Feira, 19 de Fevereiro de 2015, às 15:29 |

CenárioMT com Maryuska Pavão

Na última terça-feira (17) o deputado federal Victorio Galli (PSC) esteve em Lucas do Rio Verde visitando alguns representantes políticos entre eles o vereador Pedro Góis.

Durante a conversa o deputado se comprometeu com o legislador que para a próxima semana irá entrar com indicação no congresso pedindo que seja viabilizado um pólo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) na cidade.

Lucas é uma região importante e hoje sabemos que muitos estudantes acabam mudando para Cuiabá para poder cursar uma universidade e ter um polo na cidade será muito bom para todos os municípios vizinhos” disse o deputado ao CenárioMT.

Galli disse que conta com o apoio do senador Wellington Fagundes que desde 2011, quando era deputado luta pela implantação de um campus na cidade.

Ter o apoio dos legisladores, do prefeito [Otaviano Pivetta] e do senador é fundamental para que possamos viabilizar esse projeto e faremos de tudo para conseguir” afirmou o deputado.

Atualmente a UFMT oferece os cursos de licenciatura em Pedagogia e bacharel em Administração Pública. Através da modalidade à distância da UAB – Universidade Aberta do Brasil polo Lucas do Rio Verde.

Projeto

O Projeto de Lei nº. 379/2011 que trata da implantação do campus da UFMT em Lucas do Rio Verde foi protocolado na Câmara Federal em 10 de fevereiro de 2011, pelo então, deputado Federal Wellington Fagundes. Em 06 de março do mesmo ano, o projeto foi encaminhado para analise das comissões. A primeira comissão a analisar o projeto foi a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviços Públicos, que demorou um ano e sete meses para dar o parecer favorável.

Desde 03 de abril de 2013, o projeto esta na Comissão de Educação e de Cultura que não deu parecer. Além da comissão de Educação e de Cultura, o projeto precisa ainda, passar e receber o parecer favorável das comissões de Finanças e Tributação, e Constituição e Justiça e de Cidadania.

http://www.cenariomt.com.br/noticia/426208/viabilidade-de-campus-da-ufmt-em-lucas-sera-pauta-de-deputado-no-congresso.html

QUEM TEM FÉ NÃO ENTENDE, IMAGINE QUEM NÃO TEM.

SE ELA COM FÉ NA JUSTIÇA NÃO ENTENDE A

PRISÃO DO PAI, IMAGINE A POPULAÇÃO CARENTE

QUE NÃO ACREDITA MAIS NA JUSTIÇA, POIS

JUSTAMENTE NÃO CONSEGUE ENTENDER AS DECISÕES….

E A POPULAÇÃO POSSUI A RAZÃO.

OS JUÍZES DA REGIÃO, E NÃO SÃO SÓ DA NOSSA

CIDADE, POSSUEM CRITÉRIOS MISTERIOSOS

PARA AS SENTENÇAS PROFERIDAS. 

MAS, SE A DEPUTADA NÃO ENTENDE A PRISÃO DO

POLÍTICO COM MAIS PROCESSOS NO ESTADO,

SEU FUTURO É INCERTO NA POLÍTICA.

TENHA FÉ, NÃO NESSA JUSTIÇA. 

Janaína não entende a prisão

do pai, enxerga perseguição

e assegura fé na Justiça

Publicado Sábado, 21 de Fevereiro de 2015, às 16:51 | Ronaldo Pacheco-OD

Remanescente da família na vida pública, a deputada estadual Janaína Riva (PSD) afirmou estar surpresa com a prisão do ex-deputado José Geraldo Riva (PSD), seu pai, ocorrida no início da tarde deste sábado (22). “Eu não entendi nada. Nem sei por qual motivo isso [a prisão] a aconteceu”, afirmou a Janaína, que está na residência da família, no bairro Santa Rosa, considerada área nobre de Cuiabá.

Janaína disse que está cuidando de sua avó, dona Maria Piovani, 78 anos, mãe do seu pai. “Ela está nervosa. Em estado de choque”, lamentou a neta, na porta da residência da família Riva.

Sem dúvida é perseguição, porque meu pai não representa risco nenhum à sociedade. Ele possui residência fixa e não apresenta perigo de fuga ou possa atrapalhar as investigações”, argumentou Janaína.

Sendo filha do ex-presidente por seis vezes do Poder Legislativo de Mato Grosso, ao iniciar seu primeiro mandato, Janaina Riva percebeu que estaria obrigada a marcar posição, por ter a responsabilidade de carregar o sobrenome e espólio político de seu pai. Por isso, tratou de questionar a postura do Ministério Público em relação às investigações sobre o José Geraldo e sua própria prestação de contas de campanha.

Ouça bom conselho

Pouco antes da filha tomar posse como deputada estadual, única mulher entre os 24 na 18ª legislatura, em fins de janeiro, José Riva aconselhou publicamente a filha a não o defender, para não ser perseguida pelo Ministério Público. Ele explicou apenas que sempre tratou de investir os recursos para o bom funcionamento do Poder Legislativo.

O Ministério Público precisa passar a entender que a Assembleia não é só esse prédio, o Edifício Dante Martins de Oliveira. A Assembleia é o Estado. São 24 deputados percorrendo diuturnamente o Estado. Isso demanda gastos, deslocamento, estrutura, mobilização. Enfim, a Assembleia não pode ser vista como esse prédio, a Assembleia é o Estado”, explicou Riva, em sua última entrevista coletiva, antes de deixar o comando do Poder Legisaltivo – seu quinto mandato se encerrou em 31 de janeiro de 2015.

http://www.cenariomt.com.br/noticia/409254/janaina-nao-entende-a-prisao-do-pai-enxerga-perseguicao-e-assegura-fe-na-justica.html

PACIENTES DESRESPEITADOS EM LUCAS

MAIS UMA DENÚNCIA DE ATENDIMENTO DEFICITÁRIO.

POR ORDEM DA SECRETÁRIA DE SAÚDE,

OS ATENDIMENTOS DEVEM SER SUCINTOS

E QUANDO REPRESENTAM ALTOS GASTOS,

EVITADOS.

É POR ESSA RAZÃO QUE MUITOS PROCESSOS

CONTRA A PREFEITURA SÃO MOVIDOS PELA DEFENSORIA.

NO CASO EM QUESTÃO, NO POSTO DE SAÚDE 4,

CIDADÃ É DESRESPEITADA, SENDO MANDADA

PARA CASA COM AUSÊNCIA DE DIAGNÓSTICO.

TENDO QUE PROCURAR A REDE PARTICULAR,

LOGO A SEGUIR, O DIAGNÓSTICO É GRAVE.

LUCAS DO RIO VERDE, FAZENDO O MELHOR PELA VIDA.

SÓ QUE NÃO.

EM VEZ DE SER ATENDIDA NO POSTO 4,

PACIENTE É MANDADA PARA CASA.

PROCURANDO REDE PARTICULAR,

DESCOBRE QUE ESTÁ COM PNEUMONIA.

MAIS GASTOS

AO TERMOS UM CONTRATO COM UMA EMPRESA

EXTERNA, QUER DIZER QUE NÃO PRECISAMOS

MAIS DE COORDENADOR(A) DE TRÂNSITO, CERTO?

ASSIM, PODERIAM EXONERAR OU

RETIRAR O CARGO EM COMISSÃO?

NÃO É POSSÍVEL QUE A EQUIPE DA PREFEITURA

NÃO DÊ CONTA DE PENSAR EM COMO MELHORAR

O TRÂNSITO. ESSE CONTRATO CHEIRA MAL.

DE ACORDO COM A ADMINISTRAÇÃO, SÓ TEMOS

PESSOAS COMPETENTES ATUANDO. ASSIM,

NÃO PRECISARÍAMOS DE UM CONTRATO DESSE TIPO.

MAS PENSANDO BEM, A INCOMPETÊNCIA ERA

VISTA, VAMOS AOS EXEMPLOS:

AVENIDA TOCANTINS: ROTATÓRIAS QUE NINGUÉM

SABE DE QUEM A PREFERÊNCIA.

AVENIDA DAS NAÇÕES E BRASIL: GASTA-SE PARA CRIAR

UMA CICLOVIA ATRAVÉS DE SINALIZADORES, PARA

LOGO DEPOIS FAZER A PISTA.

CRUZAMENTOS, ORA SÃO FECHADOS, ORA SÃO ABERTOS.

INSISTÊNCIA EM NÃO COLOCAR SEMÁFOROS NOS

CRUZAMENTOS PRINCIPAIS.

Prefeitura assina contrato com empresa

especializada em mobilidade urbana

Por Ascom/Marcello Paulino em 12 de Fevereiro de 2015 ás 13:30

A Trânsitus-Engenharia de Transporte e Transito, especializada em mobilidade urbana é a empresa licitada para elaborar todo planejamento de mobilidade urbana em Lucas do Rio Verde, considerando os diversos fatores que levam a necessidade de reorganizar as vias públicas da cidade, entre elas a facilidade de escoamento do tráfego de veículos e redução de acidentes de trânsito. O contrato foi assinado nesta terça-feira (12/02) e o trabalho de levantamento deve ser iniciado na próxima semana com a vinda do arquiteto responsável.

A necessidade de fazer o planejamento e execução de um projeto de mobilidade urbana se dá por fatores que interferem diretamente na vida das pessoas. O Plano Diretor da cidade elaborado para absorver uma população de 300 mil habitantes, ano a ano é reestudado e readequado conforme o crescimento urbano provocado pelo crescimento demográfico. O município cresce em torno de 12% ao ano, o que obriga a revisar e fazer um rápido replanejamento para acompanhar a demanda, principalmente quando se trata de desafogar trânsito e reduzir o número de acidentes.

Um dos quesitos que mais tem preocupado os administradores públicos é a relação da frota de veículos ao número de habitantes. Lucas do Rio Verde tem quase um veículo para cada habitante. São 36.550 mil veículos registrados em 2016. Quanto mais aumenta a frota, maior é o número de acidentes. Não há uma estatística oficial de acidentes mas gira em torno de um acidente por dia. Só este fato obriga o município a repensar o desenho urbano e rever a engenharia de trânsito que implica em mobilidade harmoniosa entre veículos, ciclistas e pedestres.

A empresa responsável em projetar as melhorias na mobilidade urbana é também contratada da Rota do Oeste, que administra o sistema privatizado da BR 163, visto como um ponto positivo para Lucas do Rio Verde, pois o todo o projeto de integração das duas partes da cidade cortada pela rodovia, deve também ser repensada. É desejo, inclusive do prefeito Otaviano Pivetta e do vice-prefeito Miguel Vaz provocar o desvio da BR para fora do perímetro urbano, o que certamente traria mais tranquilidade no trânsito em se tratando da locomoção de trabalhadores concentrados nos distritos industriais e dos próprios moradores dos bairros que se expandiram na margem esquerda da rodovia.

O arquiteto responsável pelo levantamento da problemática e elaboração do projeto de mobilidade urbana deve chegar a Lucas do Rio Verde na próxima segunda-feira e começa imediatamente a trabalhar no projeto.

http://www.leialucas.com.br/noticias/Lucas-do-rio-verde/7282/

CASO ASSASSINATO NA PREFEITURA

CASO SERVIDORA PARADO

A POLÍCIA LOCAL NÃO APRESENTA NOVAS

INFORMAÇÕES SOBRE A MORTE DE SOLANGE. PROCESSO CRIMINAL COMPLETA 8 MESES.

CRIANÇAS CONTINUAM AFASTADAS DO PAI.

COMO ACOMPANHAMOS ESSE CASO DESDE

O INÍCIO, A FALTA DE MOTIVOS E PROVAS,

NOS LEVAM A CRER QUE AS CRIANÇAS

NÃO SÃO MOTIVOS DE PREOCUPAÇÃO

PARA AS AUTORIDADES LOCAIS.

É UMA PENA.

TENTAMOS CONTATO COM O PAI DAS CRIANÇAS,

QUE DISSE QUE POR ENQUANTO NÃO PASSARÁ

MAIS INFORMAÇÕES. ESTÁ AGUARDANDO SE

A JUSTIÇA SERÁ FEITA NOS PRÓXIMOS DIAS.

CONTUDO, DEIXOU CLARO QUE LAMENTA

COMO AS COISAS ACONTECERAM.

A FALTA DE INVESTIGAÇÃO IMPARCIAL E COMO

SEUS FILHOS FORAM TRATADOS, SENDO LEVADOS

DE UM LADO PARA OUTRO PELA FALTA DE DECÊNCIA

DOS ENVOLVIDOS, INCLUSIVE DOS AVÓS PATERNOS.