COM A PALAVRA: O REI DA HONESTIDADE

SÉRIO: ESSE CARA NÃO É SÉRIO.

A SEDE DE PODER É INSACIÁVEL.

PARA ELE TUDO, MESMO

QUE ACIMA DA LEI, DA JUSTIÇA

E DOS INTERESSES

PÚBLICOS.

Pivetta acusa falta de transparência na AMM e cobra publicidade das chapas concorrentes

Publicado Sábado, 13 de Dezembro de 2014, às 19:45 | CenárioMT com olhar direto

A assessoria jurídica do prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), está reunida e deve definir em breve que medidas tomar contra a Comissão Eleitoral montada pela Associação Mato-grossense dos Municípios. Isso porque se encerrou às 17h deste sábado (13) o prazo para a INSCRIÇÃO das chapas que pretendem disputar a eleição para presidente da instituição, mas foi negado grupo de Pivetta o nome e o número de concorrentes registrados.

O advogado Gustavo Antonelli, que defende a chapa “AMM Leve e Servidora”, encabeçada por Pivetta, informou em entrevista concedida há pouco por telefone que o corpo jurídico está definindo qual a melhor estratégia a se tomar. “É um absurdo que a AMM se negue a prestar essas informações, até porque já se encerrou o protocolo das chapas. Queremos saber quantas chapas e quem participa. Não tem sentido esconder”, reclama.
O advogado afirma que ficou na AMM até o momento do encerramento do prazo para a protocolização das chapas e não encontrou nenhum membro da Comissão Eleitoral no local. A pessoa responsável por receber os registros de candidatura informou que só poderia fornecer as informações sob a autorização da comissão. Os representantes da chapa de Pivetta alegam que ainda tentaram contato telefônico com os responsáveis pela condução da eleição, mas ninguém atendeu às chamadas.
As chapas devem ser compostas por 18 prefeitos associados e em situação de adimplência com a AMM. Os membros da “AMM Leve e Servidora” querem saber quem registrou candidatura e se não alguma irregularidade na inscrição de algum prefeito das chapas adversárias. Após o encerramento das inscrições neste sábado, a Comissão Eleitoral irá analisar e deferir as candidaturas somente na próxima terça-feira (16).
A eleição acontecerá na quinta-feira (18), com uma chamada às 9h e outra às 9h30. O processo de votação será feito por meio de cédulas de papel e o resultado deve ser divulgado logo após a finalização da votação. Só votam prefeitos associados e adimplentes com a AMM. A posse da nova diretoria será realizada em fevereiro, quando a atual gestão encerrará o mandato de dois anos à frente da instituição.
A reportagem tentou entrar em contato com a AMM no final da tarde desta sábado, mas as ligações feitas nos telefones disponíveis na página eletrônica da instituição não foram atendidas. A Comissão Eleitoral da AMM tem cinco membros que foram empossados na última quinta-feira (11). O prefeito de Nova Marilândia, Wener Santos (PR), foi escolhido para presidir o grupo. Também participam da composição o prefeito de Nossa Senhora do Livramento, Carlos Roberto da Costa (PP), como vice-presidente; o prefeito de Vera, Nilson Vigolo (PP), 1º secretário; e as prefeitas de Planalto da Serra, Angelina Pereira (PMDB), e de Pontal do Araguaia, Divina Oda (PSB).
A chapa encabeçada por Pivetta tem como vice-presidente Nilton Borges Borgato de Glória D’Oeste, 2º vice-presidente Humberto Bortolini de Itiquira, 3º vice-presidente Júlio Cesar Florindo de Barra do Bugres, 4º vice-presidente Pedro Ferronato de Ipiranga do Norte e 5º vice-presidente José Antonio Dubiela, de Feliz Natal.
O secretário geral é Sebastião Gilmar Luiz da Silva de Nobres, o 1º secretário geral é Dilceu Rossato de Sorriso e o segundo é Vilson Pires de Paranatinga. O tesoureiro geral é Fabio Schroeter de Campo Verde, o 1º tesoureiro é José Antonio de Almeida de São Félix do Araguaia e o 2º tesoureiro é Alessandro Nicoli de Santa Carmem.
O conselho fiscal tem como 1º membro titular Hermes Lourenço Bergamim de Juína, 2º memnro titular Ildo Medeiros de União do Sul, 3º membro titular Mariledi Araújo Coelho Philpi de Pedra Preta. O 1º suplente é José Marra Nery de Araguaiana, 2º membro suplente é Percival Muniz de Rondonópolis e o 3º suplente é Francis Maris Cruz de Cáceres.

http://www.cenariomt.com.br/noticia/411185/pivetta-acusa-falta-de-transparencia-na-amm-e-cobra-publicidade-das-chapas-concorrentes.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s