POLÍCIA É OBRIGADA A FUGIR

ALGUMA DÚVIDA QUE CACHAÇA E DROGAS

SÃO OS MOTIVOS?

Policiais militares e civis e

guardas municipais são apedrejados

no andamento de ocorrência

em Lucas do Rio Verde

O fato aconteceu no bairro Téssele Junior, neste 12 de outubro.

Publicado Segunda-Feira, 13 de Outubro de 2014, às 17:58 | CenárioMT

No início da madrugada de ontem (12) a Polícia Militar de Lucas do Rio Verde recebeu várias denúncias pelo telefone de emergência 190, dando conta que havia um bar com o volume do som exageradamente alto no bairro Téssele Junior, onde várias pessoas estavam usando entorpecentes e menores de idade ingerindo bebidas alcoólicas, inclusive no local havia mães com crianças de colo.

Uma guarnição da Polícia Militar, acompanhada da Polícia Civil e da Guarda Municipal de Trânsito foi até o local onde todos constataram a exorbitância do volume do som, a presença de várias pessoas no estabelecimento e também no meio da Avenida Luiz Carlos Téssele Junior, atrapalhando o trânsito de veículos naquele local.

Indagados, o proprietário do bar e sua esposa – e sócia – disseram não possuir alvará de funcionamento, sendo informados que a aparelhagem de som seria apreendida. Os policiais militares começaram a desmontar os aparelhos, momento em que os indivíduos que estavam no local se exaltaram e começaram a jogar latas de cerveja, atingindo policiais e guardas municipais. Quando as guarnições saíam do local, as pessoas que estavam no bar começaram a jogar nos policiais e nas viaturas estacionadas mais latas de cerveja, pedaços de concreto, garrafas de bebida e até barras de gelo pesando cerca de 5kg, inclusive danificando uma das viaturas.

Temendo por sua integridade física, policiais militares e civis e os guardas municipais se retiraram apressados, pois a população já exaltada ameaçava a todos, impossibilitando a detenção dos proprietários do bar e a identificação dos agressores. No 13º Batalhão da PM, o proprietário do bar fez várias ligações em tom de desacato e ameaça, dizendo que “não ficaria assim”, “vocês vão ver, vão morrer”, etc.

No início da manhã, por volta das 8h, os policiais militares receberam a informação de que dois elementos que atiraram objetos nos policiais e nas viaturas estavam em uma residência no Téssele Junior, se deslocando para lá imediatamente. Ambos foram encontrados, resistiram à prisão, porém foram detidos e encaminhados para a Delegacia. O proprietário do bar e sua esposa não foram localizados. Os Boletins de Ocorrências foram lavrados e registrados para providências.

http://www.cenariomt.com.br/noticia/396687/policiais-militares-e-civis-e-guardas-municipais-sao-apedrejados-no-andamento-de-ocorrencia-em-lucas-do-rio-verde.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s